quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Outros pontos turísticos de Turim

Achávamos que em Turim não tinha muitos lugares turísticos para visitar, a não ser a Mole Antonelliana, o Palazzo Reale, a fábrica da Fiat e o Museu Egípcio. Mas acabamos descobrindo que tem muito mais do que imaginávamos e nos surpreendemos com a quantidade de palácios, igrejas, praças e monumentos históricos. Sem contar com a vida noturna, os barzinhos e pubs espalhados pela cidade.


Quando se fala em Itália, logo pensamos em Roma, Veneza, Florença, Milão e por aí vai. Turim passa despercebida, quase inexistente, vista como a "cidade operária sem muitos atrativos turísticos". Uma voltinha pelo centro ou pelo "lungo Po", uma espécie de calçadão e que na verdade são parques à beira do rio Pó, é o suficiente para que mudemos de ideia a respeito da terra dos Savoia, a primeira capital da Itália depois de sua unificação.


Reuni aqui algumas fotos de outros monumentos e lugares que merecem uma visita em Turim. Claro, ainda tem várias atrações na cidade que infelizmente não conheci.

Porta Palatina


Porta Palatina é um monumento que vale a pena ser visto. São um dos resquícios romanos em Turim e na época constituía o principal acesso à cidade para quem vinha do norte. Foi construída durante o final do século I a.C. e começo do século I, período que remonta a fundação da Augusta Taurinorum (como era conhecida Turim, já que foi fundada sob o governo do imperador romano Caio Júlio César Otaviano Augusto, filho adotivo de Júlio César).


Quase foi destruída no início do século XVIII por causa das reformas urbanísticas da cidade, mas felizmente um arquiteto inteligente impediu a atrocidade alegando que as portas de ingresso no período romano, além de funções protetivas, eram elementos que distinguiam uma civitas romana de um acampamento bárbaro. Passando pelas Portas Palatinas encontramos as estátuas de Júlio César e Augusto, além de um parque arqueológico.


Duomo di Torino

Nas proximidades da Porta Palatina encontramos a Igreja Matriz de Turim, melhor conhecida como o Duomo di Torino. Construída entre 1491 e 1505, após a demolição de três igrejas já existentes, a catedral dedicada a São João Batista apresenta estilo renascentista contrastando com o estilo românico da torre de sinos (chamada Torre de Sant'Andrea). Nos fundos encontra-se a elegante Cappella del Guarini, também renascentista, gravemente destruída durante um incêndio em 1997. E é lá que está o famoso Santo Sudário, alvo de muitas polêmicas a respeito de sua autenticidade.

Palazzo Carignano



Também merece uma visita o Palazzo Carignano, onde nasceu o rei italiano Vittorio Emanuele II e local de muitos acontecimentos históricos ligados ao Risorgimento, movimento que buscou a unificação da Itália. Abriga o Museo nazionale del Risorgimento italiano e o Teatro Carignano.



No pátio interno do edifício encontramos as paredes em duas tonalidades. Achei que fosse por causa do sol ou que tivessem reformando, mas aí depois li em uma plaquinha informativa que a diferença de cor é porque construíram aquela parte em períodos diversos.

Palazzo Carignano


Achei interessante em Turim as fachadas diferentes dos palácios. No Palazzo Carignano também tem duas fachadas: a principal, voltada para a Piazza Carignano, obra do arquiteto Guarini e a secundária (foto acima), voltada para a Piazza Carlo Alberto I e a Biblioteca Nacional Universitária.

Piazza Carlo Alberto I

Biblioteca Nazionale

Edifício municipal de Turim e monummento ao Conde Verde na Piazza Palazzo di Città

Palazzo dell'Accademia delle Scienze

Em Turim está o Museu Egípcio, o segundo maior museu da história antiga do Egito, localizado no Palazzo dell'Accademia delle Scienze. Lá também se encontra a Galleria Sabauda, uma das pinacotecas mais importantes da Itália.



Andando por Turim encontramos belezas arquitetônicas nem tão conhecidas mas com sua particularidade, como o Santuario della Consolata, dedicata a Maria, mãe de Jesus, e que um tempo era dedicada a Santo André.


Santuario della Consolata

Igreja de  Santa Rita de Cássia



E como boa torcedora da Juventus (que não é aquele da Móoca - famoso bairro italiano de São Paulo), fui lá no Stadio Olimpico (sede da abertura e encerramento dos Jogos Olímpicos de Inverno em 2006) assistir ao clássico Juventus (à esquerda) e Torino (à direita). Um dos presentinhos de Salvatore pelo meu aniversário. Com direito a vitória da Juve!





11 comentários:

  1. Que legal Ju, até me deu vontade de conhecer Turim. Quem sabe em um fim de semana desses...

    Beijão!

    ResponderExcluir
  2. Acho que vais gostar de Turim. Agora que a sua inspiraçao artistica esta mais aflorada, vai se deliciar com as construçoes barrocas que dominam a cidade.

    ResponderExcluir
  3. Ficamos a saber através de ti, que Turim tem afinal muito de interessante para ver. Numa próxima ida a Itália, será destino incontornável.
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. No ano que vem tenho que tomar vergonha na cara e ir assistir um jogo de futebol! :)

    ResponderExcluir
  5. adorei as dicas estou indo para a italia no proximo fim de semana e ja coloquei torino na lista obrigadaooo

    ResponderExcluir
  6. Oi, Dominique! Fico feliz por meu blog ter te dado uma dica. Depois volte aqui contando o que achou da Italia!

    ResponderExcluir
  7. turim... traz me recordaçoes

    ResponderExcluir
  8. Ola, somasite!
    Turim foi uma das cidades do norte da Italia que mais gostei e pretendo voltar la quando tiver uma oportunidade.

    ResponderExcluir
  9. nossa meu sonho conhecer a italia mais quero muito ir em torino pelas fotos e uma cidade linda e tábem conhecir uma pessoa que mora em torino obrigado linda pela dica quando tiver uma oportunidade eu vou sim.

    ResponderExcluir
  10. Obrigada pela visita, anônimo.
    Turim não é muito uma das metas turísticas da Itália como Roma, Veneza, Florença, Milão e Nápoles, mas é uma cidade que vale a pena conhecer por sua história e belezas arquitetônicas.

    ResponderExcluir

Obrigada por sua visita e comentário!

Mensagens ofensivas ou spam serão eliminados.

Se você tem alguma dúvida urgente, peço desculpas se não respondê-la logo. Verifique nos comentários, pois há muitos casos semelhantes que podem ser os mesmos que o seu!

Com a maternidade, o tempo se tornou muito precioso e tenho me ocupado quase completamente dos cuidados e da educação de minha filha.

Agradeço a sua compreensão!