domingo, 20 de maio de 2012

Os times de futebol da Itália

Engana-se quem acha que só brasileiro é fanático por futebol. O calcio (como é chamado o football na Itália) também conquistou o coração dos italianos e a popularidade entre os esportes nacionais, levando milhares de torcedores aos estádios a cada campeonato. Assim como no Brasil, cada cidade tem seus clubes tradicionais, torcidas organizadas (algumas conhecidas por episódios de violência dentro e fora dos estádios), hinos e mascotes.

Reuni aqui os principais times do futebol italiano masculino profissional.



Série A 
  • Atalanta: a Atalanta Bergamasca Calcio é a principal sociedade futebolística da cidade de Bérgamo, no norte da Itália, fundada em 1907 por Eugenio Urio, Giulio e Ferruccio Amati, Alessandro Forlini e Giovanni Roberti como Società Bergamasca di Ginnastica e Sports Atletici "Atalanta" (Sociedade Bergamasca de Ginástica e Esportes "Atalanta"). O nome Atalanta é inspirado em uma ninfa da mitologia grega conhecida por seus dotes de caçadora e por sua agilidade. No início de sua fundação, o uniforme do time era composto de camisa branca e preta de listras verticais, meias e calções pretos; da fusão, em 1920, com a Società Bergamasca di Ginnastica e Scherma (Sociedade Bergamasca de Ginástica e Esgrima) o clube passa a adotar o novo uniforme azul escuro e preto, cores que caracterizavam as duas sociedades precedentes. Os jogos em casa do Atalanta é no Stadio Atleti Azzurri d'Italia, estádio municipal de Bérgamo.
  • Bologna: o Bologna Football Club 1909 foi fundado oficialmente no dia 3 de outubro de 1909 em uma cervejaria da cidade de Bolonha pelo dentista suíço Louis Rauch e pelos jogadores Giuseppe Della Valle e Arrigo Gradi. A ideia partiu de Emilio Arnstein, grande fã do futebol que já havia fundado em Trieste, no norte da Itália, o Black Star Football Club. As cores da camisa do Bologna, vermelho e azul escuro, foram inspiradas no uniforme do colégio suíço Schönberg de Rossbach, onde estudavam os fundadores do clube. Desde 1927, o time disputa seus jogos internos no Stadio Renato Dall'Ara, o estádio municipal de Bolonha que tem capacidade para 39.444 torcedores. 
  • Cagliari: o Cagliari Calcio, fundado em 1920, é o maior e mais importante clube de futebol da Sardenha, ilha situada no centro-sul da Itália. Apesar da boa campanha feita desde sua fundação, o Club Sportivo Cagliari faliu em 1935 por questões financeiras e a antiga sociedade foi comprada pela Unione Sportiva Cagliari (União Esportiva Cagliari). Desde 1927 as cores do Cagliari são vermelho e azul marinho, as mesmas da cidade e o símbolo são os Quatro Mouros, configurados na bandeira da região da Sardenha. Em casa, o time jogava no estádio municipal Sant'Elia mas a partir de 2012, por questões de segurança, as disputas foram transferidas para o Stadio Nereo Rocco de Trieste.
  • Catania: o Calcio Catania S.p.A. foi fundado em 26 de setembro de 1946 da união de dois clubes presentes na cidade: a Società Sportiva Catania, fundada em 1929, e a Associazione Calcio Catania, de 1945. As cores do uniforme são "o vermelho fogo do Etna e o azul do céu", de acordo com o estatuto de fundação do clube e que retrata também as cores da bandeira municipal. O Elefante, símbolo da cidade, representa também o Calcio Catania. A "casa" do Catania é o Stadio Angelo Massimino, familiarmente conhecido por Cibali, nome do bairro onde está situado. Em fevereiro deste ano, o presidente do clube anunciou o projeto para a construção de um novo estádio financiado com ajuda do município e da província de Catania.
  • Cesena: em 1940 o jovem conde Alberto Rognoni, estudante de Direito na Universidade de Módena, decide fundar um novo clube em Cesena, cidade situada na região da Emília Romanha, com o jogador de futebol Arnaldo Pantani e com Renato Piraccini, ex diretor da Unione Sportiva Renato Serra. No dia 21 de abril de 1940 nasce a Associazione Calcio Cesena, cujas cores, branco e preto, foram inspiradas nas do brasão municipal. Em 1957, o Cesena deixa o antigo hipódromo para disputar suas partidas internas no Stadio "La Fiorita", batizado em 1982 de Dino Manuzzi
  • Chievo: em 1929 um pequeno grupo decidiu fundar no bairro de Chievo, em Verona, um time de futebol. Nasce o Opera Nazionale Dopolavoro Chievo que, a partir de 1948, passou a se chamar Associazione Calcio Chievo. Em 1990, o presidente do clube, Luigi Campedelli, decidiu mudar o nome para Associazione Calcio ChievoVerona como forma de identificar o time com a cidade. De 1956 aos dias de hoje suas cores e o símbolo oficiais são o amarelo e o azul, as mesmas presentes na bandeira da cidade, e o comandante medieval Cangrande I della Scala. Desde 1986 o Chievo disputa no Stadio Marcantonio Bentegodi, propriedade do município de Verona. 
  • Fiorentina: no dia 26 de agosto de 1926, graças ao marquês Luigi Ridolfi Vay de Verrazzano, foi fundada a Associazione Calcio Firenze. O novo clube, que passou a ser denominado Associazione Calcio Fiorentina no ano seguinte, nasceu da união da Palestra Ginnastica Fiorentina Libertas (Academia/Ginásio Ginástica Florentina Libertas) e do Club Sportivo Firenze. O Fiorentina é caracterizado pela cor roxa, escolha do próprio fundador, e por isso ganhou o apelido de viola (que é roxo em italiano) por seus torcedores. O símbolo do time é o mesmo da cidade de Florença, ou seja, um lírio vermelho sobre um fundo branco. A casa do viola é o estádio municipal Artemio Franchi, antigo Stadio Giovanni Berta, considerado uma obra-prima da arquitetura italiana dos anos 30. 
  • Genoa: o mais inglês dos times italianos de futebol é também considerado o mais antigo fundado em território nacional. O Genoa Cricket and Football Club (nome mais inglês, impossível) nasceu no dia 7 de setembro de 1893 nas salas do consulado britânico dGênova. Com a abertura do canal de Suez, Gênova se tornou um ponto estratégico comercial e muitos ingleses se transferiram para a cidade italiana, levando também as tradições esportivas anglo-saxônicas. A camisa do Genoa hoje é vermelha e azul marinho, mas até 1901 era branca e azul-marinho. As cores atuais foram adotadas em homenagem ao Union Jack, a bandeira britânica, após a morte da rainha Vitória. O símbolo do clube é um grifo, o mesmo do brasão da cidade.  Os jogos internos do Genoa são disputados no Stadio Luigi Ferraris, antigo Andrea Doria, reconstruído em 1933 como o estádio mais moderno da época. Durante a Copa do Mundo de 1934, Brasil e Espanha disputaram uma partida naquele campo, infelizmente sem vitórias para nossa Seleção.
  • Inter: o Football Club Internazionale Milano, para os íntimos Inter, foi fundado por ex-sócios do Milan Football and Cricket Club na noite do dia 9 de março de 1908 em um restaurante da cidade de Milão. A criação do novo clube e a escolha do nome foi uma protesta ao "rival" Milan que havia proibido a contratação de novos jogadores estrangeiros. As cores do Inter, escolhidas pelo próprio fundador, são azul e preto pois representam o céu da noite em que nascia o novo clube milanês. O Inter divide seu campo com o Milan no estádio municipal Giuseppe Meazza, mais conhecido por San Siro, nome do bairro onde se encontra. 
  • Juventus: a Juventus Football Club S.p.A., Juve ou Velha Senhora para seus torcedores, é a mais nova campeã da Itália, o time mais titulado e que conta com a maior torcida do país. Foi fundada no outono de 1897 por um grupo de estudantes do colégio Massimo d'Azeglio de Turim com o nome de Sport Club Juventus. Tal nome, originário do latim iuventus (juventude), teve a inspiração nos jovens fundadores, todos com idade entre 14 e 17 anos. O primeiro uniforme da Juve era uma camisa branca com calças curtas até os joelhos e largas, substituído dois anos depois por uma camisa rosa com gravata borboleta, culpa de um erro na expedição dos uniformes. Foi por meio de um inglês que a Juventus adotou seu uniforme atual, camisa de listras branca e preta, liberamente inspirado no time favorito do fornecedor, o Notts Country. A zebra, símbolo do time, foi representada no distintivo oficial durante as décadas de 70 e 90, sendo substituída pelo touro, emblema da cidade de Turim. No dia 8 de setembro de 2011 foi inaugurado o Juventus Stadium, de propriedade do clube, no lugar do Stadio delle Alpi, uma das antigas "casas" da Juve.
  • Lazio: a Società Podistica Lazio, atual Società Sportiva Lazio, foi fundada no dia 9 de janeiro de 1900 no bairro de Prati por um grupo de nove rapazes romanos liderados pelo atleta Luigi Bigiarelli. Em 1927, a Lazio foi a única sociedade romana que resistiu às ordens do regime fascista de unificar todos os clubes da capital em um só. As cores do time são o branco e o azul celestre em homenagem à Grécia, pátria das Olimpíadas, e o símbolo é uma águia, ave que representa potência, vitória e prosperidade. Desde 1953 a Lazio divide sua "casa" com a Roma no Stadio Olimpico, estádio que sediou as Olimpíadas de 1960 e a Copa do Mundo de 1990.
  • Lecce: no dia 15 de março de 1908 foi fundado um novo clube de futebol na cidade de Lecce, no sul da Itália, sob o nome de Sporting Club Lecce que deu origem ao atual Unione Sportiva Lecce. As cores adotadas inicialmente foram o branco e o preto, mas após a conquista na série B contra o Taranto, passaram definitivamente ao amarelo e vermelho. A mascote é um lobo, símbolo histórico da cidade. O Lecce disputa suas partidas internas no Stadio Via del Mare, inaugurado no dia 11 de setembro de 1966.
  • Milan: um grupo de ingleses e italianos apaixonados por futebol decidiram fundar, no dia 16 de dezembro de 1899, um time na cidade de Milão. Nascia o Milan Foot-Ball and Cricket Club, atual Associazione Calcio Milan S.p.A. O clube é representado desde o início de sua fundação pelas cores vermelho e preto e o diabo é o símbolo do time. Desde 1926 o Stadio  Giuseppe Meazza é, juntamente com o Inter, a casa do Milan. Foi construído pelo então presidente do clube, Piero Pirelli, e passou a ser da prefeitura a partir de 1935. 
  • Napoli: em 1904, o inglês William Poths, funcionário de uma empresa de navegação britânica com sede em Nápoles, decide importar o futebol na cidade partenopeia. Com os engenheiros Emilio Anatra e Ernesto Bruschini fundam o Naples Foot-Ball & Cricket Club que passa a se chamar Naples Foot-Ball Club dois anos mais tarde. Mas o time não consegue os resultados esperados e então um jovem industrial napolitano de origem judaica, com o intuito de criar um club mais competitivo, funda no dia 1º de agosto de 1926 a Associazione Calcio Napoli. Azul claro é a cor que distingue o time e o símbolo é um burrinho. O ídolo indiscutível dos torcedores do Napoli é Diego Armando Maradona que jogou pelo clube entre 1984 e 1991.  É no Stadio San Paolo, inaugurado em 1959 e atualmente de propriedade municipal, que o Napoli disputa seus jogos em casa.  
  • Novara: no dia 22 de dezembro de 1908, oito jovens estudantes entre 15 e 16 anos decidem fundar o Football Association Studenti Novara, atual Novara Calcio. A cor escolhida para representar o time e o uniorme foi o azul claro. Em 1976 foi inaugurado o novo estádio municipal Silvio Piola, dedicado ao atacante do clube e onde o Novara disputa seus jogos internos. Com a passagem do time para a série A, foram iniciadas as obras de ampliamento do estádio.
  • Palermo: a Unione Sportiva Città di Palermo foi fundada no dia 1º de novembro de 1900 por Ignazio Majo Pagano com o nome de Anglo Panormitan Athletic and Foot-Ball Club, como era costume na época adotar nomes em inglês. Inicialmente, as cores do time eram vermelho e azul e somente em 1907 é que foi decidido mudar para o rosa e preto. Segundo uma história, a escolha das cores se baseia na métafora do doce da vitória (rosa) e no amargo da derrota (preto) ,visto os resultados sempre alternados na história do clube. O Palermo, como é conhecido o principal time da capital siciliana, disputa seus jogos em casa no estádio municipal Renzo Barbera, inaugurado em 1932 com o nome de Stadio Littorio.
  • Parma: em homenagem ao compositor Giuseppe Verdi, foi fundado na cidade de Parma, no dia 27 de julho de 1913, o Verdi Foot Ball Club, hoje Parma Football Club. Durante grande parte de sua história, o clube já mudou várias vezes a cor oficial dos uniformes até decidir pelas originais (amarelo e azul, cores da bandeira e brasão da cidade de Parma) com uma cruz preta ao centro. Após vários campeonatos disputados nas categorias regionais, em 1922 o advogado Ennio Tardini inicia as obras do estádio a ele dedicado após sua morte. É nesse estádio, de propriedade municipal, que o Parma disputa as partidas internas.
  • Roma: com a fusão de três sociedades futebolísticas da capital italiana, a Alba Audace, o Roman e a Fortitudo Pro Roma, nasce a Associazione Sportiva Roma no dia 7 de junho de 1927. Eram os anos do fascismo na Itália que, segundo as diretrizes da Carta di Viareggio, previa a unificação de todos os clubes da cidade em um único. Como símbolo foi escolhida a loba capitolina, emblema da cidade de Roma, e as cores foram o amarelo ocre e o vermelho escuro. Desde 1953 a Roma divide o Stadio Olimpico com a Lazio.
  • Siena:Associazione Calcio Siena nasce em 1904 da divisão da Società Sportiva Mens Sana In Corpore Sano em Società Studio e Divertimento. Quatro anos depois, o novo clube foi intitulado Società Sportiva Robur e assim se distinguia dos dois times de basquete existente na cidade de Siena. O símbolo do Siena é a loba capitolina e as cores são preto e branco, todos emblemas históricos da cidade. Desde 1938 o time joga no estádio municipal Artemio Franco - Montepaschi Arena.
  • Udinese: o Udinese Calcio foi fundado na cidade de Udine, no norte da Itália, no dia 30 de novembro de 1896 como parte da Società Udinese di Ginnastica e Scherma (Sociedade Udinese de Ginástica e Esgrima). As cores que simbolizam o time são as mesmas do brasão da cidade, branco e preto. Desde 1976, ano de sua inauguração, o Udinese disputa seus jogos internos no Stadio Friuli, substituto do antico Stadio Moretti.


Série B 

AlbinoLeffe:
nome oficial e ano de fundação: Unione Calcio AlbinoLeffe, 1998
cidade: Albino e Leffe, ambas pertencentes à província de Bérgamo
cores e símbolo: azul celeste
estádio: Atleti Azzurri d'Italia
Ascoli:

nome oficial e ano de fundação: Ascoli Calcio 1898
cidade: Ascoli Piceno
cores e símbolo: preto e branco
estádio: Cino e Lillo Del Duca

Bari:

nome oficial e ano de fundação: Associazione Sportina Bari, 1908 
cidade: Bari
cores e símbolo: branco e vermelho, galo
estádio: San Nicola


Brescia:

nome oficial e ano de fundação: Brescia Calcio, 1911
cidade: Brescia
cores e símbolo: azul e branco, leão
estádio: Mario Rigamonti
Cittadella:

nome oficial e ano de fundação: Associazione Sportiva Cittadella, 1973
cidade: Cittadella, província de Pádua
cores e símbolo: vermelho grená
estádio: Piercesare Tombolato
Crotone:

nome oficial e ano de fundação: Football Club Crotone, 1923
cidade: Crotone
cores e símbolo: vermelho e azul, tubarão
estádio: Ezio Scida
Empoli:

nome oficial e ano de fundação: Empoli Football Club, 1920
cidade: Empoli, província de Florença
cores e símbolo: azul 
estádio: Carlo Castellani
Grosseto:

nome oficial e ano de fundação: Unione Sportiva Grosseto Football Club, 1912
cidade: Grosseto 
cores e símbolo: vermelho e branco, grifo
estádio: Carlo Zecchini
Gubbio:

nome oficial e ano de fundação: Associazione Sportiva Gubbio 1910
cidade: Gubbio, província de Perugia
cores e símbolo: azul e vermelho, lobo
estádio: Pietro Barbetti
Juve Stabia:

nome oficial e ano de fundação: Società Sportiva Juve Stabia, 1907
cidade: Castellammare di Stabia, província de Nápoles
cores e símbolo: amarelo e azul escuro, vespa
estádio: Romeo Menti
Livorno:

nome oficial e ano de fundação: Associazione Sportiva Livorno Calcio, 1915
cidade: Livorno
cores e símbolo: amaranto (bordô mais claro)
estádio: Armando Picchi
Modena:

nome oficial e ano de fundação: Modena Football Club, 1912
cidade: Módena
cores e símbolo: amarelo e azul-marinho  
estádio: Alberto Braglia
Nocerina:

nome oficial e ano de fundação: Associazione Sportiva Giovanile Nocerina, 1910
cidade: Nocera Inferiore e Nocera Superiore, ambas da província de Salerno
cores e símbolo: vermelho e preto, molosso (raça de cachorro)
estádio: San Francesco d'Assisi

Padova:

nome oficial e ano de fundação: Calcio Padova S.p.A., 1910
cidade: Pádua
cores e símbolo: branco e vermelho, galinha paduana
estádio: Euganeo
Pescara:

nome oficial e ano de fundação: Delfino Pescara 1936
cidade: Pescara
cores e símbolo: azul e branco, golfinho
estádio: Adriatico
Reggina:

nome oficial e ano de fundação: Reggina Calcio, 1914
cidade: Reggio Calabria
cores e símbolo: amaranto
estádio: Oreste Granillo
Sampdoria:

nome oficial e ano de fundação: Unione Calcio Sampdoria, 1946
cidade: Gênova 
cores e símbolo: azul, branco, vermelho e preto, Baciccia (nome em genovês do marinheiro Battista)
estádio: Luigi Ferraris
Sassuolo:

nome oficial e ano de fundação: Unione Sportiva Sassuolo Calcio, 1922
cidade: Sassuolo, província de Módena
cores e símbolo: verde e preto
estádio: Alberto Braglia
Torino:

nome oficial e ano de fundação: Torino Football Club, 1906
cidade: Turim
cores e símbolo: grená (vermelho escuro), touro
estádio: Olimpico
Varese:
nome oficial e ano de fundação: Associazione Sportiva Varese 1910
cidade: Varese
cores e símbolo: branco e vermelho
estádio: Franco Ossola
Verona:

nome oficial e ano de fundação: Hellas Verona Football Club, 1903
cidade: Verona
cores e símbolo: amarelo e azul escuro, Mastino I della Scala (líder militar medieval)
estádio: Marcantonio Bentegodi
Vicenza:

nome oficial e ano de fundação: Vicenza Calcio, 1902
cidade: Vicenza
cores e símbolo: branco e vermelho, gato/Lanerossi (lanifício de Schio, município da província de Vicenza)
estádio: Romeo Menti

Série C1 (Prima Divisione)
Avellino, Benevento, Carpi, Como, Foggia, Foligno, Lumezzane, Monza, Pavia, Pisa, Pro Vercelli, Reggiana, Sorrento, SPAL, Taranto, Ternana, Tritium e Viareggio


Série C2 (Seconda Divisione)
Alessandria, Bellaria Igea Marina, Borgo a Buggiano, Casale, Cuneo, Giacomense, Lecco, Mantova, Montichiari, Poggibonsi, Pro Patria, Renate, Rimini, Sanbonifacese, San Marino, Santarcangelo, Savona, Treviso, Valenzana e Virtus Entella


Da série D para baixo estão inscritos os clubes amadores, mas vai ficar para um outro dia o post sobre as divisões do futebol italiano.




Curiosidades sobre os times: 
  • Durante o fascismo, foi imposto aos clubes a unificação de modo que somente um representasse cada cidade italiana.
  • A maioria dos times italianos não tem um estádio próprio e acabam usando os municipais mesmo.
  • Assim como há muita rivalidade e briga entre torcidas, há também geminação entre elas. Claro que tais amimzades são mais frequentes entre times de cidades diferentes.
  • É muito comum aqui ter o terceiro uniforme, usado durante os jogos europeus. Alguns deles mudam a cor de acordo com a temporada ou o patrocinador.
  • Futebol é empresa e como não poderia deixar de ser, muitos times italianos têm suas ações cotadas nas bolsas de valores. 


Fonte
Wikipédia

11 comentários:

  1. Nossa!!! Bem completo!
    Você se "identifica" com alguma equipe?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada!
      Na Italia sou juventina! Nao sei se deu para notar um certo entusiasmo ao escrever sobre o clube.
      So para atualizar, no domingo, logo apos ter publicado este texto, soube que o Torino e o Pescara subiram para a Serie A.
      E voce, torce para algum time brasileiro? Qual?

      Excluir
  2. Pois é... não é que torço, digamos que simpatizo (se pode dizer assim!?) para o Vasco e para o Figueirense, mas se perderem nada de desespero.

    Falando de Pescara e Torino estou muito feliz com a subida desses dois clubes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode sim dizer que se simpatiza por um time :D
      No Brasil torço para o Corinthians mas me simpatizo com o Cruzeiro. Também nao sou daquelas fanaticas que se desesperam ou arrumam briga com o torcedor do clube adversario.
      Mais um time subiu para a série A: Sampdoria.
      Para qual time italiano voce se simpatiza ou torce?

      Excluir
  3. Olá Juliana, gostei muito do seu post. Aqui no Brasil eu sou São Paulino e digamos um pouco fanático. Com a intenção de me aproximar de minhas origens italianas, estava afim de torcer por um time italiano, mas especificamente de Vêneto. Estava curtindo a Lazio, mas depois que soube que suatorcida existem muitos fascistas desiste. Estou me simpatizando com o Livorno, ainda maissaendo que são antifas e depois de ver um vídeo da torcida cantando Bella Ciao. Enfim, ainda estou na busca de um time de Vêneto, o que você acha? Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Tiago
      Obrigada por ter apreciado o post sobre os times italianos de futebol.
      Sobre a Lazio, ela foi a única da região a ter se rebelado contra as imposições do Fascismo em unir os clubes da capital em um só. Assim foi a origem de sua fundação.
      Torcer para um time é preciso ser chamado, ter alguma coisa que te cause uma grande simpatia e até paixão. Por que você torce para o São Paulo? É difícil responder com exatidão.
      Respondendo a sua pergunta, os dois times mais importantes do Veneto são o Chievo, da série A, e o Hellas Verona, da série B. Coloquei aqui em cima uma breve história deles.
      Um abraço e até mais

      Excluir
  4. Queria saber se o Cittadella é um time de fascista rs! Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Marcella
      Não sei te dizer se o Cittadella é um time fascista. Depois de anos da fundação de um time e de tantas trocas de presidentes, os ideais do início acabam até se perdendo.

      Excluir
  5. Eu conheço um jogador chamado Cleiton ele é brasileiro e esta na Italia, mas nao sei qual o time que ele joga queria muito ter noticias dele, ele é do estado de Sergipe município de nossa senhora do socorro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você tivesse pelo menos o sobrenome do Cleiton e a cidade onde ele foi jogar aqui na Itália ficaria mais fácil ter notícias dele...

      Excluir
  6. Feliz Universo Novo !



    SIMETRISMO BRASIL;



    https://plus.google.com/u/0/events/cs3ssg9ra9326phgjnaanidq9bc?authkey=CIeTraSxvIuemAE

    ResponderExcluir

Obrigada por sua visita e comentário!

Mensagens ofensivas ou spam serão eliminados.