sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Festa de Santa Luzia na Itália


Dia 13 de dezembro comemoramos o dia de Santa Luzia, a santa protetora dos olhos e da luz  (seu nome deriva do latim lux) que foi martirizada por demonstrar seu amor e fé por Jesus Cristo em tempos difíceis aos cristãos. Ela também é a santa padroeira dos eletricistas, das carências e da cidade de Siracusa.

A história conta que Luzia, nascida por volta de 280 d.C. em Siracusa, na região italiana de Sicília, era uma jovem de família rica, órfã de pai, que doou todo seu dote nupcial aos pobres e recusou o casamento com um jovem pagão após confirmar sua fé em Cristo e curar sua mãe, com a intercessão de Santa Ágata de Catânia. Seu noivo, inconformado com a decisão de sua futura esposa, denunciou Luzia ao governo romano. Naquela época, o imperador Diocleciano não perdoava os seguidores do novo culto (o cristianismo) e castigou Luzia mandando-na a um prostíbulo. Porém, a jovem permaneceu imóvel, apesar de todos os esforços dos robustos homens do imperador em tentar deslocá-la. Ilesa das torturas, Luzia é então decapitada, preanunciando antes a queda de Diocleciano e a paz aos cristãos. 

Segundo uma antiga lenda, a santa teria arrancado os próprios olhos entregando-os em um prato ao imperador que a torturara e provando que não renegaria jamais sua fé em Cristo. Foi enaltecida pelo poeta Dante Alighieri em sua célebre obra, A Divina Comédia, como a graça iluminadora, jutamente com a Virgem Maria e sua mãe, Santa Ana. É também invocada como a santa das carências devido a um milagre que se verificou em Siracusa, no ano de 1646, após um longo período de fome e escassez, com a chegada de um navio carregado de cereais.

As relíquias da santa, levadas a Constantinopla (atual Istambul, Turquia) foram trazidas novamente para a Itália por mercadores venezianos e hoje estão conservadas na Igreja de San Geremia, em Veneza. 






O dia da santa é comemorado em várias cidades italianas, principalmente naquelas sicilianas, e em outros países do mundo. No norte da Itália, a figura da santa está relacionada com a do Papai Noel e da Befana, pois é tradição dar prendas para as crianças na noite do dia 12 de dezembro. Elas deixam seus sapatinhos nas janelas juntamente com laranjas e biscoitos para a santa, feno para o burrinho que carrega os presentes e pão e vinho para Gastaldo, o ajudante de Santa Lucia que conduz o burrinho. As crianças devem ser obedientes e ir dormir cedo para não levarem cinzas nos olhos.

Na década de 1930, tornou-se uso que as crianças escrevessem uma cartinha à santa elencando os presentes que gostariam de ganhar e declarando de merecê-los por terem sido obedientes durante o ano. Este uso foi passado para as gerações seguintes e hoje é muito comum vermos lojas e supermercados que distribuem e recolhem as cartinhas para Santa Luzia.


Capelinha de Santa Luzia em Bergamo


Santa Luzia (esquerda) e os presentes das crianças


Desde 1961, o jornal Eco di Bergamo decora o centro da cidade com uma capelinha dedicada a Santa Luzia destinada a recolher fundos para as crianças pobres. A ideia surgiu do então diretor do jornal provincial, monsenhor Andrea Spada, e hoje é uma tradição da cidade de Bergamo.





4 comentários:

  1. Olá Juliana, que história mais linda!! Coitada da santa, como sofreu!!! Achei linda a homenagem à ela!!! Parabéns pelo comovente post, adorei!!! Beijos e um ótimo final de semana.

    ResponderExcluir
  2. Cresci vendo um quadro da Santa Luzia em casa. Era da minha vovozinha que era muito católica e conhecia a vida de muitos santos. Baci
    Inês

    ResponderExcluir
  3. Molto bella foto e bello nello spirito di stagione. Caldo riguarda caro amica.

    ResponderExcluir
  4. @Angela: eu sou devota de Santa Luzia, a protetora dos miopes, astigmaticos etc. Aqui no norte da Italia ela também é a santa das crianças e ha uma forte tradiçao natalina ligada a ela. Beijos e uma otima semana!

    @Ines: também cresci vendo o quadro de Santa Luzia! Minha avo operou da catarata e tinha o quadrinho da santa no quarto. Agora é meu, mas acabei deixando na casa dos meus pais. Beijos

    @Phivos: grazie della visita! Auguri!

    ResponderExcluir

Obrigada por sua visita e comentário!

Mensagens ofensivas ou spam serão eliminados.

Se você tem alguma dúvida urgente, peço desculpas se não respondê-la logo. Verifique nos comentários, pois há muitos casos semelhantes que podem ser os mesmos que o seu!

Com a maternidade, o tempo se tornou muito precioso e tenho me ocupado quase completamente dos cuidados e da educação de minha filha.

Agradeço a sua compreensão!