terça-feira, 28 de setembro de 2010

Siena: Piazza del Campo

Torre del Mangia e Palazzo Pubblico

Uma das cidades italianas que mais me encanta é Siena e acho quase impossível não se apaixonar por ela à primeira visita, ainda mais quando deparamos, durante um passeio entre vielas e burgos tipicamente medievais, com a deslumbrante Piazza del Campo.

Lugar de acontecimentos cruciais para a história de Siena, a Piazza del Campo é hoje o símbolo e o coração da cidade. É aí onde acontece todo ano, em julho e agosto, o famoso Palio di Siena, uma corrida de cavalos disputada pelas diversas contrade (bairros) existentes no território. Além do Palio, a praça é também palco de outros eventos e festivais, além de ser o ponto de referimento de turistas e moradores locais que aproveitam seu amplo espaço para descansar ou tomar sol sentados descontraídamente no chão.

Pela disposição do terreno, a Piazza del Campo apresenta a peculiar forma de uma grande concha côncava, o que a faz ser única no mundo. A pavimentação, datada de 1347, é de tijolos à vista colocados à maneira de "espinha de peixe" (uma técnica muito usada na Antiguidade Romana e na Idade Média) e subdivididos em nove setores por meio de faixas longitudinais em travertino, em memória ao Governo dei Nove (expressão da classe burguesa dos guelfos cujo período foi de grande prosperidade para Siena). 
 
Vista aérea da Piazza del Campo. Nota-se claramente a forma de concha da praça

 



Detalhes do pavimento da praça: tijolos à vista e travertinos divididos em nove seções

As principais atrações monumentais da Piazza del Campo são o Palazzo Pubblico e sua célebre Torre del Mangia. Completam harmonicamemente a beleza da praça os elegantes palácios nobres que a circundam, todos uniformemente colocados. Não é um fato tão casual, porém, já que uma lei nacional determinava que os edifícios em torno tivessem janelas iguais ou parecidas com as do Palazzo Pubblico para não alterar todo o conjunto.


Com seus 102 metros de altura, a Torre del Mangia se destaca única e elegantemente no horizonte uniforme de Siena. Construída entre 1338 e 1348 por Minuccio e Francesco di Rinaldo de Perugia, a torre foi batizada com o nome de seu primeiro zelador, Giovanni di Balduccio, apelidado de "Mangiaguadagni" pela sua tendência em gastar todo o seu dinheiro em comida. Na base da torre encontra-se a Cappella di Piazza, uma capela dedicada a Virgem e erguida pelos próprios moradores em sinal de graças pelo fim da peste de 1348
 

Antiga sede do Podestà (alto cargo governamental durante a Idade Média na Itália), o Palazzo Pubblico abriga hoje a sede municipal de Siena. Construído entre 1288 até metade do século seguinte, o palácio é um claro exemplo de arquitetura gótica na Toscana
  
A Lupa Capitolina no átrio do Palazzo Pubblico, em memória do passado de Siena como colônia romana, quando ainda se chamava Sena Julia

Atual sede municipal de Siena
Átrio do Palazzo Pubblico de onde se tem acesso ao museu (e onde estão conservadas obras de grande importância artística e histórica) e à torre (para quem não tem medo de altura!)

Da direita para a esquerda: Cappella di Piazza, Palazzo Piccolomini (Arquivo de Estado), Palazzo Chigi-Zondadari, Palazzo Sansedoni e a Loggia della Mercanzia

O toque final de elegância à Piazza del Campo fica por conta da formosa Fonte Gaia, construída entre os anos de 1409 a 1419 por Jacopo della Quercia. Sua forma artítistica manifesta, em coexistência com os elementos góticos da tradição de Siena, indícios renascentistas. É toda adornada de esculturas (as originais se encontram no museu do Palazzo pubblico) que representam personagens bíblicos.


A fonte, alimentada por um aqueduto de 1344, foi inaugurada em 1414, depois de constantes esforços para levar a água até a praça. Em ocasião das comemorações e do entusiasmos dos moradores pela sua chegada à praça, decidiu-se batizar a fonte com o nome Gaia


4 comentários:

  1. Juliana querida,
    Siena é um lugar de sonho, como toda a Itália. Ainda guardo um brochinho de borboleta comprado aí.
    Obrigada por tanta informação valiosa.
    Beijos carinhosos,
    Nena.

    ResponderExcluir
  2. Vc tem toda razão: Siena é demais! Dá vontade de ficar andando por todas aquelas ruazinhas até se perder...rs. Tirei lindas fotos lá! E a praça? dá vontade de deitar e ficar olhando para o céu, para a torre, para os prédios...mas tomando cuidado com as pombas...kkk
    baci

    ResponderExcluir
  3. Oi, Nena!
    Siena é encantadora, um lugar mágico. É uma das cidades italianas que mais gosto.
    Obrigada a você pela visita e comentário. São sempre bem-vindos.
    Beijos


    Oi, Ines!
    Obrigada pela visita e seja bem-vinda!
    Como toda brasileira que se preza, também tirei várias fotos da esplêndida Siena. Não dá para resistir, não é? Rsrs!
    Aquela praça... se eu morasse em Siena (e não tivesse pombas) ia querer almoçar e passar as horas de pausa naquela praça.
    Baci e a presto!

    ResponderExcluir

Obrigada por sua visita e comentário!

Mensagens ofensivas ou spam serão eliminados.

Se você tem alguma dúvida urgente, peço desculpas se não respondê-la logo. Verifique nos comentários, pois há muitos casos semelhantes que podem ser os mesmos que o seu!

Com a maternidade, o tempo se tornou muito precioso e tenho me ocupado quase completamente dos cuidados e da educação de minha filha.

Agradeço a sua compreensão!